do Gr. photós + páthos

Posted in revista by Paulo S. on 21/07/2016

Montra (da esquerda) da Livraria Fonte de Letras

Anúncios

entre o vivo, o não-vivo e o morto [texto público]

Posted in revista by Paulo S. on 05/11/2009

revistas

As minhas funções como director da revista entre o vivo, o não-vivo e o morto acabaram (Março de 2008 [1] /Junho de 2009).

Arriscar foi sempre o ponto-de-partida. A nível gráfico o óbvio é o visível (ter cada número a ser desenhado por um designer diferente, cada número ser todo ilustrado por uma só pessoa (diferente de número para número)). A nível de conteúdo um espaço novo, de novidade (a abertura, os vários estilos narrativos possíveis de apresentar, o incentivo à tomada de partido, e voltar ao arriscar).

O desafio começava no título, tão longo, impossível de memorizar e continuava com a existência de uma não-temática. O não saber muito bem para onde se estava a escrever.

Fundei algo que nem sempre foi compreendido na sua totalidade. Apesar do seu número de páginas reduzido (aproximadamente 40 páginas por número), continha muitos conceitos que ligavam internamente a entre o vivo, o não-vivo e o morto, roçando todos eles no dar a conhecer pessoas novas, ser um espaço novo e livre para publicação. Não posso dizer que resultou sempre.

Nem todos, os que me eram próximos, perceberam a minha saída ou o porquê de não continuar este projecto noutras “águas” ou mesmo num formato on-line. Entendo-vos. A todos. Individualmente.



Eis o resultado (do qual, maioritariamente, me orgulho) do meu trabalho com director:

1 ano / 3 números / 3 designers (Sara Inglês, Isabel Bilro e Pedro do Ó) / 3 entrevistas (a Alexander Sokurov, a JP Simões e a Beatriz Batarda) / 26 autores / 2 ilustradoras (Isotta Dardilli e Kaja Avberšek) / 2 cronistas (António Carvalho e valter hugo mãe) / 2 artistas plásticas na folha central (Tamara Alves e Marija Toskovic)

Nomes que participaram na revista (por ordem alfabética):
Adolfo Luxúria Canibal, António Carvalho, A. Pedro Ribeiro, Alexandre Nunes de Oliveira, Célia Rocha, Fernando Machado Silva, Gonçalo Frota, Henrique Manuel Bento Fialho, Hugo Milhanas Machado, Jaime Carvalho, J. M. de Barros Dias, José Manuel Martins, Lília Parreira, Marta Bernardes, Nuno Ramalho, Paulo José Miranda, Pedro Ferreira, Pedro Oliveira, Pedro S. Martins, Rui Alberto, Rui Cancela, Rui Manuel Amaral, Rui Sousa, Sílvia das Fadas, Sílvia Ramalho, Vítor Moreira



[1] Março de 2008 foi o mês em que vi pela primeira vez a capa do #1; mas foi em Junho de 2006 que comecei a pedir textos, ou seja, a fazer trabalho de director neste caso. Foram 3 anos de trabalho muito pessoal. Onde se ganharam amizades, mas onde se perderam amizades.

entre o vivo, o não-vivo e o morto N2

Posted in revista, sugestões by Paulo S. on 16/12/2008

revista_blog

O CEPiA – Centro de Estudos Performativos e Artísticos orgulha-se de apresentar o N2 da entre o vivo, o não-vivo e o morto. Projecto semestral que continua a trabalhar na divulgação e partilha de pensamento(s), tentando criar um espaço aberto e de publicação acessível.

Chega o segundo número da revista entre o vivo, o não-vivo e o morto, e com ele os textos de Fernando Machado Silva, Hugo Milhanas Machado (Prémio Literário José Luis Peixoto 2008), José Manuel Martins, Marta Bernardes, Rui Cancela, Sílvia Ramalho e Vítor Moreira. Uma entrevista a JP Simões conduzida por Gonçalo Frota. E onde todos os textos foram ilustrados por Isotta Dardilli (trabalhos que podem ser visto em www.isotype.it ou www.isottadardilli.com). As páginas centrais vão apresentar o trabalho de Tamara Alves.

Impressa em offset (processo antigo de impressão, que dá uma qualidade e predurância maiores) e desenhada por Isabel Bilro, a entre o vivo, o não-vivo e o morto está disponível por 3,50€ (portes incluídos); para isso basta enviar um e-mail para revista@cepia-web.org. Em breve anuncio os locais onde estará à venda, não por todo o país, mas por grande parte dele, espero.

Conversa com o José Reis na RUM

Posted in revista, sugestões by Paulo S. on 03/11/2008

18′ 25”

mas abertura não é estar escancarado (15′ 45”)

gravado a 3 de Outubro transmitido a 10 de Outubro no programa X-Tema

vídeo promocional

Posted in revista, vídeo by Paulo S. on 29/08/2008

vídeo concebido por Cristina Dias e João Cordeiro

informação editorial

Posted in revista by Paulo S. on 20/08/2008

entre o vivo, o não-vivo e o morto

Direcção: Paulo Serra

Concepção gráfica e paginação: Sara Inglês

Periodicidade: semestral

Tiragem: 350 exemplares

Formato (mm): 170×235

40 páginas

3,50 euros

I

I

Se a partilha de pensamento(s) sem uma organização temática ainda faz sentido. Se o dar a conhecer, às pessoas com que convivo, textos e outras pessoas pelos seus textos, faz sentido. Se isto tudo ainda faz sentido, então a revista “entre o vivo, o não-vivo e o morto” existe sentida.
Esta edição, para além de, e por ser, a primeira, será o exemplo de maior precisão da ideia originária da “entre o vivo, o não-vivo e o morto”.
Apesar da “entre o vivo, o não-vivo e o morto” ser semestral não tem uma duração para ser lida. Não lhe vamos dar uma velocidade, já chega! Ler é, entre muitas coisas, o quebrar da velocidade que nos é imposta diariamente e constantemente.

Sara, Tó Zé, valter hugo mãe, Nuno: obrigado.

O jogo começou.

nome dos participantes e os títulos dos textos

Posted in revista by Paulo S. on 14/08/2008

Pedro Ferreira introdução ao perfilamento

Jaime Carvalho os olhos do puto

Lília Parreira narciso

António Carvalho filosofia e ecologia

Rui Alberto vida e obra de Matos Silvestre

Pedro Oliveira acerca da neo-totemização da relação povinho – selecção nacional de futebol

Célia Rocha a memória

A. Pedro Ribeiro as bacantes e o amor louco

Nuno Ramalho fantoches fantoche

Rui Alberto borboletaSS

António Carvalho abulia e grammé

A. Pedro Ribeiro bênção

Alexandre Nunes de Oliveira entrevista a Alexander Sokurov – a imagem como destino

entre o vivo, o não-vivo e o morto

Posted in revista, sugestões by Paulo S. on 12/08/2008

Paulo Serra em colaboração com o CEPiA (Centro de Estudos Performativos i Artísticos) orgulha-se de apresentar a revista:

ENTRE O VIVO, O NÃO-VIVO E O MORTO

Revista que propõe, por 3,50 euros, textos originais com gente original. Textos com/de pensamentos, um pouco de poesia e finaliza com uma entrevista ao realizador russo Alexander Sokurov.

Os primeiros 30 assinantes têm direito a um exemplar do livro de João Gesta. A assinatura anual vale 7 euros.

Para adquirir a revista entre o vivo, o não-vivo e o morto basta enviar um e-mail para pjfserra@gmail.com com os seguintes dados: nome, morada e contacto telefónico.