do Gr. photós + páthos

Do operário ao artista como trabalhador (p. 6)

Posted in Le Monde diplomatique by Paulo S. on 30/09/2016

Frequentemente associada à ideia de inovação económica — mais do que de produção cultural ou artística –, a criatividade encontra-se no centro das actuais políticas do território, de forma interligada com outros sectores, como a cultura ou o emprego.

[…]

Da mesma forma, torna-se cada indivíduo como um empreendedor criativo em potência. A figura do artista, tida comummente como subversiva e marginal, passou a construir-se como modelo de trabalhador do presente. na forma do empreendedor criativo, mediante um aproveitamento do seu estatuto em termos de autonomia intelectual.

Mariana Rei em Le Monde diplomatique – edição portuguesa (nº 106 | II série | Agosto de 2015)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: