do Gr. photós + páthos

Posted in filosofia by Paulo S. on 01/12/2014

Ora, lamento informar que a realidade só nos é acessível a partir de um código ou sistema de formas simbólicas (linguagem, religião, arte, ciência, etc.) e que portanto os símbolos são mais do que uma vaga farfalheira nas profundezas dos brônquios, são-nos uma natureza congénita. Quando, por equívoco, os queremos rejeitar estabelecem-se as condições para voltarem à tona as formas mais arcaicas de uma famigerada idílica relação imediata com a realidade e a sua irreflexividade em nós.

António Cabrita (publicado no seu facebook a 19 de Novembro de 2014)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: