do Gr. photós + páthos

Posted in filosofia by Paulo S. on 12/06/2014

[…] defender a cultura é já estar a matá-la, é preciso ter consciência disso.

António Guerreio na conferência Cultura, Espaço Público e Desenvolvimento: que opções para uma política cultural transformadora (12/6/2014, CIMAC, Évora)

Anúncios

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Paulo S. said, on 02/10/2014 at 1:44 PM

    Isto da cultura é uma questão trágica, é uma tragédia. A cultura alargou-se, é uma espécie de coisa obesa, cancerígena. Tudo é cultura – a única ideia aí subjacente é, que no fundo, nada é cultura. O tudo é cultura é igual ao nada é cultura.

    (“Política cultural e desenvolvimento económico”, António Guerreiro)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: