do Gr. photós + páthos

Posted in filosofia by Paulo S. on 24/01/2013

Foi Puchkine quem disse: «Quanto mais vazio é o homem, mais se encontra cheio de si mesmo», ou antes, daquilo que ele vai acumulando em títulos, diplomas, fortuna, a fim de, enchendo esse vazio, se valorizar a si próprio, mas nessa necessidade narcísica, ele já não deixa qualquer lugar para uma outra presença, que seria paradoxalmente presença de si próprio.

JEAMMET, Nicole, La Haine Nécessaire (1989), O Ódio Necessário, Trad. Maria Teresa Antunes Cardoso, Lisboa, Editorial Estampa, 1991, p. 131.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: