do Gr. photós + páthos

Posted in filosofia by Paulo S. on 25/09/2010

De facto, a intensificação das possibilidades de informação sobre a realidade nos seus mais variados aspectos torna cada vez menos concebível a própria ideia de uma realidade. Realiza-se, talvez, no mundo dos mass media, uma profeccia de Nietzsche: no fim, o mundo verdadeiro transforma-se em fábula. Se temos uma ideia de realidade, esta, na nossa condição de existência tardomoderna, não pode ser entendida como dado objectivo que está abaixo, e para além, das imagens que nos são dadas pelos media. Como e onde poderíamos alcançar uma tal realidade “em si”? Realidade, para nós, é mais o resultado do cruzamento, da “contaminação” (no sentido latino) das múltiplas imagens, interpretações, reconstruções que, em coerência entre si ou, seja como for, sem qualquer coordenação central, os media distribuem.

VATTIMO, Gianni, La Societá Transparente (1989), A Sociedade Transparente, Trad. Hossein Shooja e Isabel Santos, Lisboa, Relógio D’Água, 1992, p. 13.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: