do Gr. photós + páthos

viagens.tatas.txt

Posted in filosofia, fotografia by Paulo S. on 28/12/2007

Tu irás escrever somente o que viste
Como (se de) um romance Anglo – Estado-Unidense (se tratasse)
A política do prazer
“A púrpura das montanhas é igual à púrpura das ondas” *
Na cidade. Dois Anjos
Fala-me do relativo e de como quando comeste carne de cão
Por favor não me fales de ti, deixa o mistério ficar
Respeita o teu culto – acciona o teu respeito
aminhavida.pt mais astuasviagens.com
Tu contas a minha vida?
Como te amo meu Jet Lag
Não desejes o impraticável
A criação indubitável de combinações de sorrisos
Nós dos dedos
Planta uma árvore
Para não falar de souvenirs
Cristais bestiais
“existes e só és o teu absoluto vazio
Um homem são os homens que o acompanham” **
Adorava ler os teus diários de viagem, a incontornável escrita descritiva dos pormenores de cada dia. Os sentimentos.
A impetuosa saudação
– Uma indicação por favor. Onde estamos?
– Na tua cabeça. Dentro dela.
Todos os anos
Creio que Descartes chegou ainda a falar disso

 

 

* Herman Melville “O Alpendre”
** José Luís Peixoto “a criança em ruínas”

para ti,http://supertatas.blogspot.com/

Anúncios

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. tatas said, on 01/01/2008 at 10:05 PM

    oh :$


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: