do Gr. photós + páthos

Posted in filosofia by Paulo S. on 11/06/2007

Não ter nunca ensejo de tomar posição, de me decidir e de me definir, não há voto que eu formule mais amiúde. Mas nem sempre dominamos os nossos humores, essas atitudes em germe, esses esboços de teoria. Visceralmente predispostos a erigir sistemas, construímo-los sem tréguas, singularmente em política, domínio de pseudo-problemas, em que o mau filósofo que existe em cada um de nós se dilata, domínio do qual gostaria de me afastar, por uma razão banal, uma evidência que aos meus olhos ascende à categoria de revelação: a política gira unicamente em torno do homem. Tendo perdido o gosto dos seres, em vão me consagro à tentativa de adquirir o das coisas; por força limitado ao intervalo que as separa, exercito-me e esgoto-me sobre a sua sombra.

CIORAN, E.M., Histoire et Utopie (1960), História e Utopia, Trad. Miguel Serras Pereira, Venda Nova, Bertrand Editora, 1994, pp.37-38.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: